Mudança Rápida de Operações - Metodologia SMED

Carga Horária
18 horas
Modalidade
Formação Profissional
Preço
160 €   (isento de IVA)

Apresentação

Na actualidade, o aumento da diversidade de produtos a fabricar e a necessidade de diminuir os stoks, determinam a necessidade da redução significativa do tempo de mudança de operações, mudança de referências, mudança de ferramentas ( o que se designa por setup). Este esforço de redução é de importância crucial para a rentabilidade de muitas empresas, sendo que por vezes as indústrias gastam mais de 20% do seu tempo de produção prevista em mudanças.
Mas estes tempos de mudança podem ser reduzidos significativamente quando o sistema SMED é aplicado, como se tem comprovado em muitos tipos de indústrias.Todas as organizações podem aplicar o sistema SMED para reduzir seus tempos de setup, e não há nada de mágico nisso! A metodologia é aliás, bem simples
Single Minute Exchange of Die (SMED) é uma abordagem para reduzir tempos de produção e perdas de qualidade desenvolvido no Japão na década de 50, por Shigeo Shingo, reduzindo por vezes os tempos de mudança de horas para minutos.
Tendo por base o conceito de separar operações antes da paragem da máquina com o que inevitavelmente se tem de realizar com a máquina parada, tirando partido também do conceito de 5S, mantendo tudo quanto é preciso para a mudança, arrumado e preparado junto à máquina, com o SMED conseguem-se de facto evoluções significativas, com as necessárias vantagens em termos de flexibilidade/reactividade-mais referências fabricáveis num mesmo período de tempo-mais disciplina e concentração na afinação dos equipamentos e maior eficência/produtividade.