Toleranciamento Dimensional e Geométrico – (GD&T)

Carga Horária
27 horas
Modalidade
Formação Profissional
Preço
220 €   (+IVA à taxa legal)

Apresentação

Em muitas aplicações as tolerâncias dimensionais são insuficientes para se determinar exatamente como deve estar a peça depois de pronta para evitar trabalhos posteriores. Uma comparação entre a peça real fabricada e a peça ideal especificada pelo projeto e mostrada no desenho mostra que existem diferenças. Ou seja, durante a fabricação de peças pelas máquinas-ferramenta, surgem desvios (ou erros)provocando alterações na peça real. Causas dos desvios geométricos:
Tensões residuais internas;
Falta de rigidez do equipamento e/ou de um dispositivo de fabrico;
Perda de gume cortante de uma ferramenta;
Forças excessivas provocadas pelo processo de fabricação (Ex.: Entre pontas de um torno);
Velocidade de corte não adequada para remoção de material;
Variação de dureza da peça ao longo do plano de usinagem
Suportes não adequados para ferramentas.
Tais desvios devem ser limitados e enquadrados em tolerâncias, de tal forma a não prejudicar o funcionamento do conjunto.

Portanto, o projeto de uma peça deve prever, além das tolerâncias dimensionais, as chamadas tolerâncias geométricas, a fim de se obter a melhor qualidade funcional possível.
Importa pois conhecer e saber aplicar as técnicas, as simbologias ao toleranciamento dimensional e geométrico, tendo por referencia as recomendações das normas ISO